STF tende a confirmar vigência da Lei da Ficha Limpa. Como isso afetará os políticos

Pedalada eleitoral

  • Por Wilson Lima
  • Brasília, 28/12/2020 19:42 2020, Gazeta do Povo.
  • Quarta-feira | atualiza 30 dez  de 2020 | 18h22
  • Nazaré Paulista-SP – Por Editor: Bp Sérgio Oliveira

___________________________________________________________________

  • “Portal de Notícias do Atitude News –, cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Todo o processo de coleta de dados cujo resultado culmina nas informações a seguir é realizado automaticamente, através de fontes públicas pela Lei de Acesso à Informação (Lei Nº 12.527/2011). Portanto, Portal de Notícias do Atitude News –, não substitui as fontes originárias da informação, não garante a veracidade dos dados nem que eles estejam atualizados. O sistema pode mesclar homônimos (pessoas do mesmo nome). Confira nosso  Descrição Legal.” [O jornalismo profissional precisa do seu suporte].  LEI Nº 12.527, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011. Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. … 216 da Constituição Federal; altera a Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990; revoga a Lei nº 11.111, de 5 de maio de 2005, e dispositivos da Lei nº 8.159, de 8 de janeiro de 1991; e dá outras providências. [O jornalismo profissional precisa do seu suporte].

______________________________________________________________________

Bem-vindo (a), ao Portal de Notícias do Atitude News.

DIVULGAÇÃO

STF tende a confirmar vigência da Lei da Ficha Limpa. Como isso afetará os políticos –, Apesar de várias mudanças em sua composição nos últimos anos, o Supremo Tribunal Federal (STF) tende a ratificar, em plenário, o entendimento já consolidado sobre o período de vigência da Lei da Ficha Limpa. O assunto ainda não tem data para ser julgado, mas o presidente do STF, Luiz Fux, já sinalizou que vai a pautar o caso no início do ano de 2021.

STF tende a confirmar vigência da Lei da Ficha Limpa. Como isso afetará os políticos -, Às vésperas das férias no Poder Judiciário, o ministro do STF Kassio Nunes Marques atendeu a um pedido do PDT e suspendeu um trecho da Lei da Ficha Limpa que determinava que o prazo de inelegibilidade para os “ficha-suja” começaria a contar após o cumprimento da pena.

STF tende a confirmar vigência da Lei da Ficha Limpa. Como isso afetará os políticos -, De acordo com a lei 135/2010, após ser condenado por corte colegiada quer seja por crime de improbidade administrativa quer seja por lavagem de dinheiro, o cidadão torna-se inelegível por oito anos. Mas a suspensão dos seus direitos políticos começa a contar após o cumprimento da sentença do crime originário.

STF tende a confirmar vigência da Lei da Ficha Limpa. Como isso afetará os políticos -, O ministro Nunes Marques, porém, deu outro entendimento à alínea E, do inciso I do art. 1º da Lei Complementar 64/1990. Para o magistrado, o cumprimento da inelegibilidade transcorre em paralelo à condenação por outro crime. Na prática, a decisão de Nunes encurta as sanções contra os ficha-suja e esvazia a Lei da Ficha Limpa já que independentemente das condenações, um cidadão somente pode ficar inelegível por, no máximo, oito anos.

STF tende a confirmar vigência da Lei da Ficha Limpa. Como isso afetará os políticos -, Desde quando entrou em vigência, em 2010, a Lei da Ficha Limpa já passou pelo crivo do plenário do STF em pelo menos cinco oportunidades. Além disso, a composição do plenário sofreu sucessivas mudanças nos últimos anos. Desde quando a lei entrou em vigência, passaram a fazer parte do STF os ministros Nunes Marques, Alexandre de Moraes, Edson Fachin e Luís Roberto Barroso, este hoje presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Mesmo com essas alterações, a Gazeta do Povo apurou que a tendência é que o Plenário do STF mantenha o entendimento já consolidado da lei, segundo o qual o período de inelegibilidade vigora a partir do fim do cumprimento da pena, e não paralelamente a ele. Isso pelo fato de que até os ministros que entraram no tribunal após a vigência da Lei da Ficha Limpa têm entendimento da manutenção da aplicação originária da norma.

STF tende a confirmar vigência da Lei da Ficha Limpa. Como isso afetará os políticos -, Essa visão é pactuada pelos ministros Luís Roberto Barroso, Cármen Lúcia, Edson Fachin, Rosa Weber e pelo presidente do STF, ministro Luiz Fux. Também tende a se manifestar neste sentido o ministro Alexandre de Moraes e Marco Aurélio Mello. A visão de Kassio Nunes Marques é endossada apenas por uma parcela pequena de ministros, entre os quais, Gilmar Mendes.

STF tende a confirmar vigência da Lei da Ficha Limpa. Como isso afetará os políticos -, Esvaziamento da Ficha Limpa poderia beneficiar Lula

Dentro da seara política, um dos grandes beneficiados em um eventual esvaziamento da Lei da Ficha Limpa nos termos decididos por Nunes Marques é justamente o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

STF tende a confirmar vigência da Lei da Ficha Limpa. Como isso afetará os políticos -, Em abril de 2019, a 5ª turma do Superior Tribunal de Justiça manteve a condenação de Lula por corrupção e lavagem de dinheiro na operação Lava Jato no caso do tríplex do Guarujá. Pela norma anterior, Lula estaria inelegível por pelo menos 15 anos após o início do cumprimento da sentença determinada pelo STJ – os sete anos restantes (já que Lula cumpriu um ano de prisão) mais os oito anos de inelegibilidade determinados pela Lei da Ficha Limpa.

Pela tese de Nunes Marques, porém, Lula poderia voltar à cena política sete anos após voltar a cumprir essa sentença. Ou seja, se hipoteticamente o petista voltasse a cumprir sua condenação pela Lava Jato, ele estaria apto a disputar eleições em 2028.

STF tende a confirmar vigência da Lei da Ficha Limpa. Como isso afetará os políticos -, A decisão de Nunes Marques esvaziando a Lei da Ficha Limpa provocou uma corrida de candidatos ficha-suja a prefeito e vereador no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Todos eles requerendo suas respectivas diplomações mesmo sem cumprir o período integral de inelegibilidade determinado pela Lei.

Até o final da semana, quatro candidatos a prefeito e um a vereador tentaram obter o benefício. A situação envolve os candidatos a prefeito de Pinhalzinho (SP), Pesqueira (PE), Angélica (MS) e Bom Jesus de Goiás (GO) e um candidato a vereador de Belo Horizonte (MG). Diante do imbróglio, o presidente do TSE impediu a posse do candidato a prefeito de Pinhalzinho e vai aguardar a definição do STF para adotar demais providências.

STF tende a confirmar vigência da Lei da Ficha Limpa. Como isso afetará os políticos -, Assim, de acordo com a decisão do Luís Roberto Barroso, o candidato considerado inelegível não pode tomar posse. Porém fica suspensa a convocação de eleições suplementares até a definição da questão pelo plenário do Supremo. Na prática, o presidente da Câmara assume até a resolução da questão.

STF tende a confirmar vigência da Lei da Ficha Limpa. Como isso afetará os políticos –, Em seu despacho originário, o ministro Nunes Marques alegou que esse trecho da Lei poderia ser desproporcional já que, para ele, soma dois tipos de punições sendo um “desprestígio ao princípio da proporcionalidade”. Ainda para o magistrado, a decisão poderia abranger apenas candidatos das eleições de 2020.

Na semana passada e com receio de um efeito cascata, a Procuradoria-Geral da República (PGR) recorreu da decisão originária de Nunes Marques. Para o vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, a decisão individual fere súmulas do TSE e qualquer mudança normativa eleitoral somente tem vigência um ano antes do pleito. “O tema, como se vê, foi expressamente discutido e afastado em sede própria, com a observação de todos os órgãos da cadeia judicial”, observa Humberto Jacques em seu parecer. “A questão, portanto, não é nova, nem foi inaugurada no pleito de 2020”, complementa o vice-procurador-geral.

STF tende a confirmar vigência da Lei da Ficha Limpa. Como isso afetará os políticos.

NÃO HÁ JUSTIÇA SEM DEUS

Compartilhar matéria:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google

Deixe uma resposta

Compartilhar:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Divulgue sua Empresa aqui
Mostre sua empresa para mais de 5 mil pessoas
Clique aqui
Divulgue sua Empresa aqui
Mostre sua empresa para mais de 5 mil pessoas
Clique aqui
Anterior
Próximo

Últimas do blog:

Assine nossa newsletter

Receba nossos conteúdos em seu email
bbbpppbpbpb

Editor Principal

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Divulgue sua Empresa aqui
Mostre sua empresa para mais de 5 mil pessoas
Clique aqui
Divulgue sua Empresa aqui
Mostre sua empresa para mais de 5 mil pessoas
Clique aqui
Anterior
Próximo