O Chapa Quente - aqui você tem direito de voz, para reivindicar cobrar, denunciar, e nós acompanharemos até o fim...

Portal de Notícias
Atitude News

Se te mostras fraco no dia da angústia, a tua força é pequena – Provérbios 24:10.

1 0
Read Time:5 Minute, 51 Second

#PortaldeNotícias #EdBpSérgioOliveira #Nãouseomedocomoforçadeação

Solicitamos que acompanhem permanentemente as informações neste site e redes sociais da Escola Politécnica para informes atualizados da situação.
Em Estudos de Provérbios – Também descobrir que é mentira dizer que os cristãos nunca desfalecem
Sex. | atualiza   12 de mar 2021 | 23h59 – Nazaré Paulista-SP –
Por Editor: Bp Sérgio Oliveira
Palavras-chave: Mentira; indústria cultural; banalização da malignidade; normatização social;

Bem-vindo (a), ao Portal de Notícias do Atitude News.

DIVULGAÇÃO

Nenhum ser humano gosta da adversidade, que é sofrimento, perseguição, aflição ou calamidade. Todos nós escolheríamos evitá-la. E é fácil nos ressentirmos dela. Mas ela, verdadeiramente, mede a nossa fé e o nosso amor para com Deus, pois só ela prova a nossa integridade espiritual e nossa santa confiança.

Sem adversidade, como você poderia mostrar a sua força? Você poderia falar a respeito dela, mas falar é fácil. Você poderia acreditar que você tem força, mas isso é ainda mais enganoso. Você poderia dizer ao Senhor que jamais o negaria, mas até que passe pela provação as suas palavras são vãs. É a adversidade que revela as falsas confissões dos ouvintes embrutecidos, portanto tome cuidado.

É mentira pensar que a vida cristã é uma de tranquilidade sem problemas (Jó 5:6-7). Pergunte a Jó, Moisés, Davi ou Paulo. A vantagem do cristão é que Deus promete ajudá-lo em suas dificuldades “Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas. Ele lhe guarda todos os seus ossos; nem sequer um deles se quebra” (Sl 34:19-20).

Também é mentira dizer que os cristãos nunca desfalecem, pois vemos que grandes homens têm paixões como as nossas e desanimam de vez em quando (Nm 11:11-15; IRs 19:1-4; Jó 3:1-16; Jr 20:14-18; Mt 26:69-75). Até o nosso irmão Paulo ficaria desanimado, mas não destruído (IICo 4:8-10).

Deus traz a adversidade para provar a nossa fé, assim como fez com Jó. Ele trará dificuldades para ver o quanto dependemos Dele ao invés de em nós mesmos. Ele vai descobrir o quanto o valorizamos comparado com outras coisas em nossas vidas. Nós O adoramos somente como uma cerca viva protetora? Nós ainda o adoraríamos quando perdêssemos tudo?

Deus também traz a adversidade para aumentar a nossa força pelas provações, assim como se faz nas campanhas de treinamento dos militares. E porque o Seu objetivo é a nossa perfeição, devemos apreciar estes tempos de dificuldades (Rm 5:3-5; Tg 1:2-4). Na realidade, os homens sábios regozijarão grandemente nelas!

As suas dificuldades não são maiores do que as dos outros (I Co 10:13). Elas podem ser diferentes, mas não são mais duras. E há um grande conforto somente em reconhecer este fato importante. Nem são também impossíveis, pois Deus fielmente colocará um limite às suas tribulações ao nível que possas suportar.

Ele é capaz de dar graça – força interna pelo Seu Espírito – para resistir a adversidade (IICo 12:7-10). Quando Paulo aprendeu que a graça de Deus era mais claramente revelada pela adversidade, ele escolheu se regozijar nessas dificuldades para glorificar a Deus através da sua própria fraqueza. Deus é capaz de fortalecê-lo com tal poder glorioso que você regozijará (Cl 1:11; Is 40:29).

Alguém disse que, “Quando o caminhar se torna duro, os duros continuam andando.” Nós aplicamos isto espiritualmente para descrever a fé tirando coragem em tempos de dificuldade. Se buscarmos o nosso próprio livramento, se perdermos a nossa confiança em Deus, se reclamarmos ao invés de louvarmos, se perdermos a esperança no futuro, se lembrarmos com saudade os prazeres renunciados, se houver enfraquecimento em santidade, se houver uma redução em nosso espírito agradecido, se tratarmos os outros com menos amor e paciência, e se os deveres se tornam fardos pesados, então estamos desmaiando. Devemos rejeitar esses sintomas e nos comportarmos como homens (ICo 16:13).

Temos uma grande nuvem de santos do Velho Testamento e o nosso Senhor Jesus para relembrarmos, o que deverá nos guardar de desmaiarmos em nossa corrida de longa distância (Hb 12:1-3). E desde então milhões de mártires encararam e resistiram à adversidade de diversas formas que dificilmente poderíamos imaginar.

Podemos ficar desanimados, mas não podemos ser destruídos (IICo 4:8-10), conforme Paulo nos ensinou. Se o SENHOR for por nós, quem ou o que pode ser contra nós (Rm 8:31). O SENHOR é o nosso ajudador, e as Suas certas promessas são a âncora das nossas almas (Hb 6:19).

A fé pode conquistar a adversidade, pois ela enxerga o futuro brilhante através e para além dos reveses temporários, seja aqui ou em glória (Sl 27:13-14). Isto nos guarda de desmaiarmos ao crermos que o certo livramento está a caminho. Como podemos fazer isto? “Espera no SENHOR: sê de bom ânimo, e Ele fortalecerá o seu coração: espere, digo eu, no SENHOR” (Sl 27:14).

Caro cristão, a sua adversidade não é o resultado do destino ou do acaso, mas é pelo sábio conselho do nosso Pai Celestial. Nenhum pardal cai sem que haja a determinação providencial Dele e, até mesmo, os cabelos da sua cabeça estão contados (Mt 10:29-31). Até a vara disciplinadora Dele não é mais do que a prova do amor eterno e do Seu fervente desejo da sua perfeição (Hb 12:5-8).

Não se canse em praticar o bem: (Gl 6:9; IITs 3:13) brevemente ceifaremos, se não desmaiarmos. O nosso Salvador suportou a cruz e desprezou a vergonha pela alegria de uma eterna recompensa que estava diante Dele (Hb 12:2; Sl 16:8-11). Sigamos o Seu exemplo de força.

1 – O CAMINHO DA INFORMAÇÃOO sistema não entende e nem entenderá eles perseguem, difamam, improvisam armadilhas;  fazem crescer, à lubricidade na noturnidade, aumenta o  investimento em prol do armistício lamaçal, e à “ação de se tornar poderoso, e passar a possuir poder de autoridade, e domínio a EXEMPLO. Exemplo em processo de empoderamento sobre classes desfavorecidascom socialismo Insidioso, financiador do terror;
2 – Arma insídias; prepara ciladas; enganador, traiçoeiro, pérfido, (figuradamente) parece benigno, mas pode ser ou tornar-se grave e perigoso (diz-se de mal, enfermidade etc.). “a febre tifoide é uma doença i.”
3 – ”O dicionário vai além, oferecendo   uma extensão deste conceito caracterizando-o como gíria: “Passar a ter domínio sobre a sua própria vida; ser capaz de   tomar decisões em nome do insuportável … 
4 – Quanto à Democracia: fortifica convicções, com Deus acima de tudo, e o povo ao seu lado Patriota! vença as diferenças! Não Há Justiça Sem Deus!  (grifo nosso!

NÃO HÁ JUSTIÇA SEM DEUS

About Post Author

Sergio Oliveira

Sérgio José de Oliveira, Bispo Evangélico, Bel. em Teologia, Jornalista, Ex-Acadêmico de Direito, Baiano da Cidade de Pedro Alexandre - Brasil, maior de 71 anos de idade, nasc. em 04/12/1948
Happy
Happy
100 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Compartilhar matéria:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Compartilhar:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
  • Clique <e > Portal de Notícias do Atitude News            Propõe lançamento sem custos: Assine a nosso “newsletter” e receba no seu E-mails, os lançamentos acervo de matérias Publicadas (postadas – lançadas).

  • Categorias

  • QUEM SOMOS

  • Clique >> A Verdade e a Transposição do Rio São Francisco…

    Neste estilo inédito de liderança, Bolsonaro trocou farpas com todo mundo, com todos os poderes, com JorNAZISTAS  e com governadores CANHOTA…

  • Temos O Melhor Poder Judiciário Do Mundo

  • Não mais conte nos dedos

    julho 2021
    S T Q Q S S D
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031  
  • Assine nossa newsletter

    Receba nossos conteúdos em seu email