Notícias importantes

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather

saúde e educação 

MINAS GERAIS

Pablo Nascimento, do R7 23/05/2019 – 10h27 (Atualizado em 23/05/2019 – 11h01)

Mandados são cumpridos em 5 cidades

Reprodução / Redes sociais

Portal de Notícias do Atitude News.

  • De Combate à Corrupção e Corruptor!
  • NO CALOR DA AUTENTICIDADE:
  • Postado por Jornalista, Editor Bp. Sérgio Oliveira – terça-feira 21 jan 2020 – às 19h40.
  • A Corrupção é a mola propulsora do “GENOCÍDIO” só não ver quem participa
  • – Arquivo Portal Atitude…

DIVULGAÇÃO

NÃO HÁ JUSTIÇA SEM DEUS

  • fixo: (11) 4260-0540 | móvel 97228-2486

E-mails.: [email protected] | [email protected],br

Uma força-tarefa da Polícia Federal, Controladoria-Geral da União e da Receita Federal realizam, nesta quinta-feira (23), a segunda fase da operação Divisa, que investiga um suposto desvio de recursos federais em licitações realizadas na cidade de Barbacena, a 169 km de Belo Horizonte.

Nesta fase, a ação mira em irregularidades em obras de ampliação do sistema de esgoto, de construção de academias de saúde e quadras poliesportivas no município.

Nesta terça-feira (21), uma servidora da Secretaria de Saúde da cidade e dois empresários foram presos na primeira parte da operação. Na data, o foco era o desvio de recursos públicos destinados a compra de equipamentos hospitalares para o Hospital Geral da cidade.

Desta vez, os mandados são cumpridos em Belo Horizonte, Barbacena, Carandaí, Nova Lima, Piedade do Rio Grande e São João Del Rei. Cerca de 130 policiais federais, 19 auditores da Controladoria-Geral da União e 14 da Receita Federal participam da operação.

A reportagem tenta contato com a prefeitura de Barbacena para comentar a operação.

  • Portal de Notícias do Atitude News.
  • Postado por Jornalista, Editor Bp. Sérgio Oliveira – terça-feira 21 jan 2020 – às 19h40.
  • A Corrupção é a mola propulsora do “GENOCÍDIO” só não ver quem participa
  • – Arquivo Portal Atitude…