Nos EUA, advogado que aceitar pagamento com dinheiro obtido ilegalmente pelo cliente torna-se cúmplice.

Nos EUA, advogado que aceitar pagamento com dinheiro obtido ilegalmente pelo cliente torna-se cúmplice.

23 Abr 2019  sergio

O CAMINHO DA INFORMAÇÃO:

O sistema não entende e nem entenderá eles perseguem, difamam, criam armadilhas, mais, a lubricidade aumenta investimento em prol do combate ao lamaçal, e “Ação de se tornar poderoso, de passar a possuir poder, autoridade, domínio sobre; exemplo: processo de empoderamento das classes desfavorecidas.” O dicionário vai além, oferecendo uma extensão deste conceito, caracterizando-o como gíria: “Passar a ter domínio sobre a sua própria vida; ser capaz de tomar decisões sobre … falo por que Deus e o povo estão ao seu lado… ao lado dos cidadão (ã). Não Há Justiça Sem Deus!

________________________________________________________________________________________________

O Atitude News – O chapa quente, cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Todo o processo de coleta de dados cujo resultado culmina nas informações a seguir é realizado automaticamente, através de fontes públicas pela Lei de Acesso à Informação (Lei Nº 12.527/2011). Portanto, o Portal Atitude News – O chapa quente não substitui as fontes originárias da informação, não garante a veracidade dos dados nem que eles estejam atualizados. O sistema pode mesclar homônimos (pessoas do mesmo nome). Confira nosso  Descrição Legal.” [O jornalismo profissional precisa do seu suporte]. LEI Nº 12.527, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011. Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. … 216 da Constituição Federal; altera a Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990; revoga a Lei nº 11.111, de 5 de maio de 2005, e dispositivos da Lei nº 8.159, de 8 de janeiro de 1991; e dá outras providências. [O jornalismo profissional precisa do seu suporte].

________________________________________________________________________________________________

Bem-vindo (a), o Portal Atitude News – O chapa quente

  • De Combate à Corrupção e a Corrupção!
  • NO CALOR DA AUTENTICIDADE:
  • Portal Atitude News – portal de notícias:
  • Postado por Jornalista, Editor Bp. Sérgio Oliveira
  • A Corrupção é a mola propulsora do “GENOCÍDIO” só não ver quem participa.
  • Segunda-feira 17 fev 2020 – às 23h39.

DIVULGAÇÃO

NÃO HÁ JUSTIÇA SEM DEUS

Fixo.:(11) 4260-0540 | móvel 97228-2486 E-mails.: [email protected] | [email protected]

1,2,3. Já! | Publicação em 18.05.18

 Você já sabe, mas…

Não custa lembrar – o que já se escreveu aqui – que nos Estados Unidos nenhum advogado privado trabalha para criminoso que não consiga explicar a origem lícita do dinheiro que pagará o trabalho advocatício.

É oportuno acrescentar – comparando, então, comportamentos brasileiros e estadunidenses – que nos EUA, advogado que aceitar pagamento com dinheiro obtido ilegalmente pelo cliente, torna-se cúmplice do ilícito praticado. Passo imediato, o advogado passa a fazer parte de uma quadrilha.

No Brasil, dinheiro do tráfico e, mais assiduamente agora, grana da corrupção não envergonham nem acanham. E criminosos pobres dependerão sempre da Defensoria Pública. Interpostos por esta, contestação e recursos em geral se esvaem na primeira e segunda instâncias.

Os poucos “embargos dos embargos” e as escassas reclamações via Defensorias Públicas, raramente chegam aos tribunais superiores.

 Delação histórica

O livro “Tiradentes, uma biografia de Joaquim José da Silva Xavier” – que será lançado pela Companhia das Letras em julho – será uma nova biografia sobre o emblemático personagem da História do Brasil. Na obra, o escritor Lucas Figueiredo revela que em 1791 houve o primeiro caso formal de delação premiada. É que Joaquim Silvério dos Reis, coletor de impostos, arrecadava com voracidade, mas nada repassava à Coroa.

Temeroso de que pudesse ser preso, então vislumbrou que, associando-se aos inconfidentes mineiros, teria chances de ter suas dívidas perdoadas, caso o movimento tivesse êxito. Mas, na hora ´H´, o oportunista Silvério mudou de lado e transformou-se em delator.

Teve, então, sua pena suspensa e a dívida perdoada. Ganhou também dos cofres públicos um crédito de 200 mil réis. E ainda foi nomeado como sinecura.

O termo, na época, já era definido como “cargo bem pago que não exige quase trabalho algum de quem o exerce”. No fundo – 227 anos depois – algo bem presente na vida brasileira atual.

 ´Deferenças´ médicas…

Vamos por partes.

  •  Fimose é “o estreitamento do prepúcio que torna impossível a exposição da glande”.
  • Vasectomia é “a ressecção cirúrgica dos canais deferentes para provocar a esterilização no homem”.
  •  “Deferente (com ´e´) é, no homem ou em mamíferos machos, o canal por onde passam os espermatozoides”.

O debate sobre tais definições consta do bojo de uma rara ação, por alegado erro médico, que está na pauta próxima do STJ.

Trata do drama de um homem que contratou uma cirurgia de fimose. Mas por engano – ou seja lá o que for – o médico acabou fazendo uma vasectomia parcial, cortando o canal espermático esquerdo.

O cidadão lesado teve arbitrada, nas instâncias ordinárias, uma indenização de R$ 60 mil.

No tribunal superior, ele busca levantar o valor.

 “Estelionato educacional”

O Conselho Federal da OAB criticou ontem recente portaria do Ministério da Educação autorizando a abertura de mais 34 cursos de Direito. Ao todo, são mais de 5 mil vagas liberadas nas cinco regiões do país.

O MEC precisa urgentemente adotar uma política pública de fiscalização dos cursos existentes, para que os alunos deixem de ser vítimas de um verdadeiro estelionato promovido por instituições cujo interesse passa longe da qualidade da formação, mas prioritariamente pelo lucro” – adverte o presidente Claudio Lamachia.

A entidade já havia soltado uma nota criticando o MEC em abril, quando o órgão tinha autorizado a criação de cinco novos cursos de Direito.

A propósito, o Espaço Vital, a partir de hoje, passa a publicar o quadro de advogados em todo o país – atualmente eles e elas são 1.088.430.

Uma curiosidade gaúcha: nos quadros da OAB-RS há mais estagiárias registradas do que estagiários.

  • Portal Atitude News – portal de notícias:
  • Postado por Jornalista, Editor Bp. Sérgio Oliveira
  • A Corrupção é a mola propulsora do “GENOCÍDIO” só não ver quem participa.
  • Segunda-feira 17 fev 2020 – às 23h39.
  • Arquivo Portal Atitude…

Share this post

Deixe uma resposta