Notícias importantes

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmailby feather

NA INTEGRA

Atitude News, desmente Fake News ao prestigioso Ministério Público – de Franco da Rocha-SP. “Parte-1”

“O homem deve criar as oportunidades e não somente encontrá-las”. Não basta aguardar o cavalo passar arreado. E se ele não passar?

#PortaldeNotícias #EdBpSérgioOliveira #Nãouseomedocomoforçadeação 

#PropagandaMelhorRemédioContraCrise

Fixo.:(11) 4260-0540 | móvel 97228-2486

E-mails.: [email protected] | [email protected]

| [email protected]

 20/12/2019 sergio

  • De Combate ao Corrupto e a Corrupção!
  • NO CALOR DA AUTENTICIDADE:
  • Portal de Notícias do Atitude News
  • Postado por Jornalista, Editor Bp. Sérgio Oliveira
  • A Corrupção é a mola propulsora do “GENOCÍDIO” só não ver quem participa.
  • Sexta-feira 12 mar 2020 – às 12h30.
  • Arquivo Portal Atitude…

Bem-vindo (a), ao Portal de Notícias do Atitude News  – O chapa quente

DIVULGAÇÃO

As pessoas não se chegar a um resultado, após observação ou por meio de raciocínio; deduzir. do passado vetusto”

Uma resposta para cada pergunta, uma solução para cada problema. Os Experts em Produtos conquistam selos e benefícios especiais ao ajudar outras pessoas a aproveitar ao máximo os produtos e conteúdos.

1 – Embusteiro –,  função, tentativa enganar grupos de pessoas, fazendo-as acreditar que algo falso é real.

Quando busquei no Dicionário de Sinonímia, informações sobre não delongou encontrei respostas:

2 – Sinônimo de embusteiro para 2 sentidos da palavra embusteiro: a) farsante, fraudador, mentiroso. b) enganador, trapaceiro, trampolineiro, sub-reptício, patranheiro, ob-reptício, ardiloso, doloso, impostor, falaz, mentiroso.

3 – Antônimo de Fake News – deparei-me com o que será, falso para 4 sentidos da palavra. O contrário de falso é: real, legítimo, verdadeiro, autêntico, genuíno, vero, verídico, veraz, fidedigno. 

Muitas pessoas dentre deve nos Axecrar:

A batalha dentre Editor do Jornal Atitude News, Bispo – Sérgio José de Oliveira, e as patifarias mentirosas do ex- prefeito de Franco da Rocha Marcio Cecchettini, vice-prefeito José Antonio Pariz Junior, vulgo Pinduca, Dra  Giuliana Cecchettini, ex-coordenadora de gabinete do irmão Marcio Cecchetini, a época amasia do  experts  Marcelo Tenaglia da Silva, epíteto de Marcelo Nega.

Aí segui a dura batalha. Só na tarde de segunda-feira de novembro de 2011, (desde fins de 2006) falei com José Antonio Patiz Jr, vulgo Pinduca, vice-prefeito, agora candidato a prefeito derrotado, por uma parte dos seus “colaboradores” e do atual prefeito, Kiko – PT nas eleições de outubro do ano incurso 2012 -, pensou por melhor procurar o mandatário em fim de mandato Marcio Ceccettini a desmentir notícias “falsas, falaciosas”  circulantes por bocas de linguagem ardilosas, eram aventadas na aquele recinto, ou seja, gabinete.

Alguma deles foi com relação à ruptura deles, com o Jornal Atitude News, e sua equipe de operação (trabalho), depois de caído por falta de cumprimento monetário (pagamentos por inteiro). Ao trabalho executado, surpreendendo, em resultados  ao “seu Partido PSDB”, e suas aliadas Agremiações Partidárias em evidência,  visitas participativas  do governador Geraldo Alckimin, Ex-governadorJosé Serra, Aloiso Nunes Ferreira, ex-motorista do Político guerrilheiro e poeta, Carlos Marighella. Durante a ditadura na Era Vargas, foi preso por subversão e torturado pela polícia de Filinto Müller duas vezes. Ficou na prisão até 1945, quando foi beneficiado com a anistia pelo processo de redemocratização do país.

Elegeu-se deputado federal constituinte pelo PCB baiano em 1946, como um dos mais bem votados da época. Mas, nesse mesmo ano, Marighella voltou a perder o mandato porque o governo Dutra, por orientação do governo estadunidense, cassou todos os políticos filiados a partidos comunistas, e por fim, o Deputado Estadual detentor de 6 (seis) mandatos – Celino Cardoso,  a pesar de não haver confirmação de sua participação com  Marighella, ele Deputado Celino Cardoso são da mesma agremiação partidário PSDB. 

A emblemática decisão, que reduzia os meus passos e da família, até dos meus 11 cachorrinhos de estimação, entraríamos na descabida proposição daqueles ” cruéis representantes do povo”, como dito em adágio popular  “o jogo do empurra, para lá, e para cá”, começava.

De acordo com o certo, os mesmo “amigos” que tinha quando estava eu, nos bastidores  nos cargos da alta cúpula na administração Francorrochense, deixavam seus postos, outros não, foi transferido (a), para Mairiporã município vizinho – cujo prefeito eleito Pampuri tendo sido Bancado (campanha custeada) pelos senhores do engenho das facilidades, lá estava na Popa senhor Marcelo Tenaglia da Silva (vulgo Marcelo Nega) e migraram outros para município vizinho, Francisco Morato, pelo mesmo procedimento, exceto prefeito que de fato é o irmão do ex-prefeito da Cidade de Franco da Rocha Marcio Cecchettini irmãos da ex-amasia e-coordenadora doutora Giuliana Cecchettini, também estava lá, com o prefeito eleito Marcelo Cecchettini, irmãos Cecchettinis. O prato feito estava; como o novo caso do secretario de governo, era o da doutora Giuliana Cecchettini, Pariz Junior Pinduca e muitos outros com Vitimização, em cuidados com familiares, vítimas de desemprego. “Até então eu não sabia que, os principais autores do QUADRILHÃO POLÍTICO MENSALÃO DA CIDADE DE FRANCO DA ROCHA, tinham família.”

Na verdade como a rede de balanço (de tradição nordestino) “que muitos “desejariam”, HAVIA sido, seria simplesmente o Atitude News, para que destes, asas a imaginação; então fora como uma barra de contenção arquitetada,  no sentido de causar, dificultar à aproximação, causa a Justiça, se bem que penso eu, essa informação,  como cravou, o meu peito; “Por influencia do quarteto que desde antes manipulavam, e de repente é chegada hora, abandona-se a base da decência e da moral. Fração ínfima, ao procurar o Ministério Publico e outros influentes, de fontes operadores do direito, argumentos verborrágico tomava com titularidade, “e” a meta objetivava “Desentusiasmar levando ao negativo”  procedimento necessário, andamento dos interesses contraditórios. Mesmo sem orientação jurídica (advogado), ou achar algum dentre que fosse capaz apelos menos como amigos, o que pode ser o mesmo  procurar agulha no palheiro, mas, quando fui mais adiante, só acompanhei conhecidos, “menos amigos”.

No vagão do grande trem só  questionamento, como “projeto de ostracismo e mistoforia”. “Por que, o Jornal Atitude News não agiu de imediato com denuncias a quem há de direito, antes mesmo (eu tinha preocupação, que poderia ser também assassinado, antes de perder até á família, assim como foi Ex-vereador CarlosAparecido (Carlinhos) como tantos outros que já foram), o prefeito, vice-prefeito, coordenadora de gabinete, secretário de governo, comandante da guarda, delegado titular da delegacia de policia, presidente da câmara dos Vereadores e os membros pares, oficial de justiça, representante do ministério público; (envolvidos em CORRUPÇÃO – NO SISTEMA QUADRILHÃO DA CIDADE DE FRANCO DA ROCHA na ADMINISTRAÇÃO – CECCHETTINI, PARIZ JUNIOR (PINDUCA) A TENAGLIA – NEGA), e uma Juíza de Direito que iria realizar um julgamento como sendo o Júri Popular sobre o assassinato do ex-vereador Carlos Aparecido (Carlinhos), estava, segundo ela sofrendo ameaças políticas e outras, sendo de estupenda tribuzana, que a Doutora Juíza havia declarado que, debaixo muitos perigos, tanto, que não deu tempo em saber quem seria ou os mandantes de tal ocorrência até hoje,” até o presente momento há um silêncio profundo.

Outrossim, “condições abusivas, declarações, prepotentes e arrogantes como a de quem é o Paladino, ou seja, nós expulsariam da Cidade e Região “COMO O FIZERAM”. A Verbalização: ou passar-me para o outro lado, ou o andar de cima”, “isso na linguagem deles, autoridades do mau (crime)”. Sendo eles até hoje cercados por policiais como Segurança e seguranças particulares e outros sócios empresariais policiais de altas patentes, sem contar neste momento com apadrinhamentos.

Com tudo isto o nobiliarquia -, Marcelo Nega, ex-secretário de governo do ex-prefeito Marcio Cecchettini, a ex-amasia  Giuliana Cecchettini, aplicando a mensagem de ordem expressada: GENTE COMO AGENTE, NÃO PODERÍAMOS CONTINUAR RESIDINDO NA CIDADE DE FRANCO DA ROCHA, NEM NAS CIDADES VIZINHAS, QUE COMPÕE O CALDEIRÃO. a família já sem moradia própria, possuía mais, eu, estudava direto na UNIP – Jundiaí, noturno, devendo em  Bancos, a agiotas, como já dito, Defensores proibidos de advogar minha causa, atônica, era , se alguém pegar a causa dele Bp Sérgio, “Jornal Atitude News, podem se esquecer de trabalhar na Cidade de Franco da Rocha e Caldeirão.

Quando fugimos da Cidade de Franco da Rocha, o que nos faltava por necessário, tinha de sobrando em medo e terror, que se apoderava. Fomos morar em um porão como entocados (não digo de quem era para não comprometer as pessoas) ainda com os nossos cachorros, de estimação. Agora que Deus me deu de volta o Atitude News, mesmo que só online. Imediatamente chega a mim, inspiração, veio à tona esta primaira postagem dos trez matéria que ainda faltam mais duas, conteúdos, em que eu posso recomeçar e me expressar, os que se diziam serem amigos, só pensam em futricar com a vida dos outros, um se fingiu de paciente, de amigo, “Um caso que ganhou bastante destaque foi a morte do ex-vereador Carlos Aparecido”.

Os supostos ladinos verdugos – com todas as facilidades possíveis e/ou impossíveis, constituíram alguns destes advogados criminalistas “ou pombo correio”, que não conhecia apelo menos a clientela sortudamente na Cidade de Franco da Rocha como eles são, lamentavelmente entrou numa canoa furada. Nos Estados Unidos, as pessoas abominam Advogado que concorda em defender Corrupto, advogar, ou seja, ladinos, de onde será que vem o dinheiro pago aos advogados???

  • Portal de Notícias do Atitude News
  • Postado por Jornalista, Editor Bp. Sérgio Oliveira – seg 16 dez 2019 – às 13h25.
  • A Corrupção é a mola propulsora do “GENOCÍDIO” só não ver quem participa
  • – Arquivo Portal Atitude…
  • tel.: (11) 4260-0540 | móvel 97228-2486
  • E-mails.: [email protected] | [email protected]

NÃO HÁ JUSTIÇA SEM DEUS

  • Precisando de ajuda? ☎ Ligue para: (11) 4260-0540 |
  • WhatsApp: (11) 97228-2486 | 97066-8705 |
  • Fale com Bp Sérgio J. Oliveira – Editor Jornalista agora mesmo!