Notícias importantes


Modelo para Moro, Lava Jato se ramifica pelo País

A intensificação do combate às organizações criminosas nos outros estados é uma leitura que está correta. A Lava Jato criou um modelo. …

#PortaldeNotícias #EdBpSérgioOliveira #Nãouseomedocomoforçadeação

#PropagandaMelhorRemédioContraCrise

Por  Estadão
access_time7 jan 2019, 13h24 – Números da PF mostram que o total de presenças em processos de consenso em 2018, com uma média de 410 casos por mês
Postado por Jornalista, Editor Bp. Sérgio Oliveira – terça-feira 21 jan 2020 – às 13h40.
Tel.: (11) 4260-0540 | móvel 97228-2486 | E-mails.: [email protected] | [email protected]

 15 Fev 2019  sergio 

NÃO HÁ JUSTIÇA SEM DEUS

  • Acerca dos elementos que dão efetividade ao princípio, temos que a segurança jurídica é assegurada pelos princípios seguintes
  •  irretroatividade da lei, coisa julgada, respeito aos direitos adquiridos, respeito ao ato jurídico perfeito, outorga de ampla defesa e
  • contraditório aos acusados em geral, ficção do …Arquivo oAtitude
  • Direto da Redação: Portal de Notícias do Atitude News.
  • Sérgio  – postado por a verdade é o pilar de sustentação das Estruturas

Bem-vindo (a) ao Portal de Notícias do Atitude News – O Chapa quente

DIVULGAÇÃO

O ministro Sérgio Moro (Justiça) (Nelson Almeida / AFP)

Modelo de luta contra as organizações pelo ministro da justiça,  Sérgio Moro ,  Operação Lava Jato  perdeu o Paraná, mas se espalhou pelo país. Números da Divisão de Combate ao Crime Organizado, da Polícia Federal (PF), mostram o total de prisões em processos de combate ao crime em 2018, com uma média de 410 casos por mês. Em relação aos 233 registros de 2014, ano em que a Lava Jato começou a investigar desvios na Petrobras, uma alta de quase 76%.

“A intensificação do combate às organizações criminosas nos outros estados é uma leitura que está correta. A Lava Jato criou um modelo que permitiu a utilização de instrumentos, como a delação premiada, com segurança e eficiência”, diz a subprocuradora-geral da República Monica Nicida. Como comparação, a Lava Jato de Curitiba registrava em 16 de novembro — data em que Moro deixou a magistratura — uma queda de 15% nas prisões ante 2014.

Os números da PF, obtidos por meio da Lei de Acesso a Informações, mostram esse efeito. As prisões em casos de organizações criminosas envolvidas com delitos financeiros ou desvio de verbas públicas aumentaram desde 2016 em 16 das 27 unidades da Federação. Foi nesse ano que a Lava Jato, cuja maioria das investigações já foi encerrada, registrou o maior número de detenções no período (68). Em 2018, este total foi de 49.

*Ainda aguarda-se nos Municípios ‘interioranos’ aonde existem ladinos que acreditam, por haver incontáveis surrupios nos cofres públicos, praticados por eles e, por essas e outra as riquezas vieram engrossas a tinta dos seus CPFs; andam a passos largos, por que quem tem dinheiro, DIZEM tem bons advogados e, não serão presos, nem a imprensa os incomodam (isso parece verdade), até quando? 

Atitulo de exemplo: na Grande São Paulo-SP – Cidade Município de Franco da Rocha e, Bacia (sugestão – esse nome deveria ser CALDEIRÃO), por ser um Consórcio -, de Cinco Municípios: 1) Franco da Rocha, 2) Caieiras, 3) Mairiporã, 4) Francisco Morato e Cajamar. esse CALDEIRÃO, permeia, o poder dos crimes produzidos pela impunidade… 

ESSE É UM CONVITE DENUNCIA DA POPULAÇÃO; ATRAVÉS DESTE PORTAL Atitude News , a população tem representálos … Este Portal está repleto de informações de uma Robustez. (ubi ignis e fumus  Fumus boni juris, PERÍCULO EM MORA FUMUS BONI  IURIS).

Este portal está à disposição para informações muito mais – Digníssimo Ministro da Justiça e Segurança do Brasil: do Presidente Jair Messias Bolsonaro. Doutor Sérgio Fernando Moro OMM. DMJM, Também por todo o Cidadão brasileiro.

NÃO HÁ JUSTIÇA SEM DEUS