Lava Jato denuncia Serra por lavagem de dinheiro

__________________________________________________________________

O senador José Serra (PSDB – SP) e sua filha, Verônica Allende Serra, foram denunciados nesta sexta-feira (3) pelo MPF (Ministério Público Federal) por lavagem de dinheiro no exterior. Nesta manhã, agentes da PF (Polícia Federal) estão na casa de Serra, em São Paulo (SP). 
“Portal de Notícias do Atitude News –, cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Todo o processo de coleta de dados cujo resultado culmina nas informações a seguir é realizado automaticamente, através de fontes públicas pela Lei de Acesso à Informação (Lei Nº 12.527/2011). Portanto, Portal de Notícias do Atitude News –, não substitui as fontes originárias da informação, não garante a veracidade dos dados nem que eles estejam atualizados. O sistema pode mesclar homônimos (pessoas do mesmo nome). Confira nosso  Descrição Legal.” [O jornalismo profissional precisa do seu suporte].  LEI Nº 12.527, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011. Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. … 216 da Constituição Federal; altera a Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990; revoga a Lei nº 11.111, de 5 de maio de 2005, e dispositivos da Lei nº 8.159, de 8 de janeiro de 1991; e dá outras providências. [O jornalismo profissional precisa do seu suporte].
NINGUÉM É O BRIGADO PLANTAR, O QUE ELE NÃO QUE, MAS PLATANDO COLHE NÃO TEM ESCOLHE – A COLHETA É DE ACORDO COM COM O QUE PLANTOU.

__________________________________________________________________

Bem-vindo (a) ao Portal de Notícias do Atitude News

  • sábado. Atualiza 4|7|2020 / 20h25
  • Nazaré Paulista – SP
  • Por Editor: Bp Sérgio Oliveira

DIVULGAÇÃO

Segundo denúncia da Lava Jato, em 2006 e 2007 Serra “valeu-se de seu cargo e de sua influência política para receber, da Odebrecht, pagamentos indevidos em troca de benefícios relacionados às obras do Rodoanel Sul”. A empreiteira teria pago milhões de reais por meio de uma rede de offshores no exterior. PUBLICIDADE

As investigações demonstraram que José Amaro Pinto Ramos e Verônica Serra constituíram empresas no exterior, ocultando seus nomes, e por meio delas receberam os pagamentos que a Odebrecht destinou ao então governador de São Paulo. Neste contexto, realizaram transferências para dissimular a origem dos valores, e os mantiveram em uma conta de offshore controlada, de maneira oculta, por Verônica Serra até o final de 2014, quando foram transferidos para outra conta de titularidade oculta, na Suíça.

Operação Revoada

Paralelamente à denúncia, a força-tarefa da Lava Jato também deflagrou a operação Revoada para aprofundar as investigações sobre outros fatos relacionados ao mesmo esquema de lavagem de dinheiro em benefício de Serra. 

As autoridades cumprem oito mandados de busca e apreensão em São Paulo (SP) e no Rio de Janeiro (RJ). 

Em São Paulo, a PF cumpre mandados no Alto de Pinheiros e na Vila Nova Conceição. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, o empresário Ronaldo Cézar Coelho também é alvo da operação. O criminalista Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, que defende Ronaldo Cézar Coelho, disse ao Estadão que vai se manifestar depois que acessar os autos da operação

Com as provas que as autoridades têm sobre o caso, a Justiça Federal autorizou o bloqueio de R$ 40 milhoes em uma conta na Suíça.

PublicidadeFechar anúncio

A defesa de Serra busca saber qual a alegação do MPF (Ministério Público Federal) para o mandado de busca e apreensão depois de mais de 10 anos dos suspostos acontecimentos. O R7 tenta contato com a defesa de Verônica. 

No Twitter, o PSDB afirmou que “acredita no sistema judicial do País e defende as apurações na utilização de recursos públicos, ao mesmo tempo em que confia na história do Senador José Serra e nos devidos esclarecimentos dos fatos”.

Leia a íntegra da defesa de José Serra:

“Causa estranheza e indignação a ação deflagrada pela Força Tarefa da Lava Jato de São Paulo na manhã desta sexta-feira (3) em endereços ligados ao senador José Serra. Em meio à pandemia da Covid-19, em uma ação completamente desarrazoada, a operação realizou busca e apreensão com base em fatos antigos e prescritos e após denúncia já feita, o que comprova falta de urgência e de lastro probatório da Acusação.

É lamentável que medidas invasivas e agressivas como a de hoje sejam feitas sem o respeito à Lei e à decisão já tomada no caso pela Suprema Corte, em movimento ilegal que busca constranger e expor um senador da República.

O Senador José Serra reforça a licitude dos seus atos e a integridade que sempre permeou sua vida pública. Ele mantém sua confiança na Justiça brasileira, esperando que os fatos sejam esclarecidos e as arbitrariedades cometidas devidamente apuradas.

Assessoria de Comunicação
Senador José Serra (PSDB/SP)”

NÃO HÁ JUSTIÇA SEM DEUS

  • Precisando de ajuda? ☎ Ligue para: (11) 4260-0540 |
  •  WhatsApp: (11) 97228-2486 | 97066-8705 |
  • Fale com Bp Sérgio J. Oliveira – Editor Jornalista agora mesmo: !
  • E-mails.: [email protected] | [email protected]
Please follow and like us:
Eu, Sérgio José de Oliveira, Bispo Evangélico, Bel. em Teologia, Jornalista, Ex-Acadêmico de Direito, Baiano da Cidade de Pedro Alexandre - Brasil, maior de 71 anos de idade, nasc. em 04/12/1948

Deixe uma resposta