Notícias importantes

Jesus não manda para o inferno mulher adultera.

Não levaram o homem casado. Só levaram a mulher casada. Com muita raiva da mulher, aqueles homens falaram mal dela para Jesus e lembraram que, pela lei de Moisés…

#PortaldeNotícias #EdBpSérgioOliveira #NãouseomedocomoforçadeaçãoPROPAGANDA – O MELHOR REMÉDIO CONTRA A CRISE

Sábado, | atualiza 4 de setembro,  2021 | 21h30 – Nazaré Paulista – SP – Portal de Notícias – Por Editor: Bp Sérgio Oliveira
Missionária Maria Martins – Brasil direto e reto Deus é o Senhor da minha Pátria
Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocarmos nela, corre por nossa conta

Bem-vindo (a), ao Portal de Notícias do Atitude News -O chapa quente

DIVULGAÇÃO

A Bíblia confirma todos que são levados a presença do Senhor Jesus Cristo – Vivo, mesmo que aderidos ao erro, tendo vontade serão perdoados e orientados para não mais caírem nas tentações… O homem não pensou o mau que pode causar aquele outro seu colega de acusação, a verdade é, neste caso ninguém adúltera sozinha – como no caso daquela pobre coitada mulher.

Onde estava aquele homem casado que adulterava com a mulher também casada! Qual será o resultado daquele ou daqueles que não se apresentam ao Senhor Jesus Cristo – Vivo, para prestar suas declarações de arrependimento?

Uma mulher casada começou a namorar um homem casado. Ela fazia tudo escondido do marido e ele fazia tudo escondido da esposa. Um dia, os dois não resistiram à tentação e deitaram juntos. Por falta de sorte, alguém descobriu o que eles estavam fazendo e passou a notícia para outras pessoas. Na mesma hora, alguns homens agarraram a pobre coitada e levaram-na à presença de Jesus, que estava ensinando na igreja de Jerusalém.

 Não levaram o homem casado. Só levaram a mulher casada. Com muita raiva da mulher, aqueles homens falaram mal dela para Jesus e lembraram que, pela lei de Moisés, ela deveria ser apedrejada até morrer. Eles queriam saber a opinião de Jesus sobre aquele caso. Jesus ficou zangadíssimo mais com aqueles homens do que com a mulher. Eles não estavam fazendo para a lei de Moisés. Queriam mesmo era causar aborrecimento a Jesus, de quem não gostavam. Eles protegeram o homem casado, que era tão culpado quanto a mulher casada. Jesus não deu a menor atenção àqueles encrenqueiros.

Como eles continuaram a acusar a mulher. Ele mandou que a apedrejassem até que ela merece, mas só poderia fazer isso quem estivesse sem pecado. Jesus falou com tanta autoridade que ninguém jogou pedra alguma na mulher. Eram todos um bando de pecadores. Envergonhados, eles foram saindo, primeiro os mais velhos, depois os mais novos. Só ficou Jesus, o único que não tinha pecado. Em vez de mandar a mulher para o inferno, Jesus perdoou os seus pecados – o adultério com o homem casado e todos os outros pecados. Mas ordenou-lhe que não pecasse mais. Ela voltou para casa muito agradecida a Jesus e com muita vontade de nunca mais pecar. (Jo. 8:1-11).

NÃO HÁ JUSTIÇA SEM DEUS

Deixe um comentário